7.3 C
Bruxelas
26 Novembro 2022

Espétaculo sobre Miguel Torga em Liège, dia 21 de abril

Miguel Torga (1907-1995) nasceu numa das regiões mais agrestes de Portugal: Trás-os-montes, na região do Vale do Douro, mais precisamente na pequena aldeia de São Martinho de Anta. Vindo de uma família extremamente pobre, conseguiu tornar-se poeta e médico.

Poeta rebelde, poeta local, defensor incansável do cidadão comum, opondo-se a Salazar e Franco sem exilar-se, Miguel Torga foi um grande viajante, no seu próprio país e depois em todo o mundo. Devemos-lhe a famosa frase “O Universal é o local sem muros“: para o escritor, é dentro de uma fraternidade feita de convicções e trocas que nasce a cultura.

No palco, Dominique Rongvaux leva a voz de Miguel Torga, Rita Matos Alves e Marie Boulenger interpretam melodias portuguesas, brasileiras, espanholas e belgas, dando eco às afinidades do poeta. O fundo de palco terá fotos de Rui Moreira e alguns arquivos inéditos sobre a guerra em Espanha.

O espectador entra no mundo de Miguel Torga através dos seus contos, dos seus anseios poéticos e do seu famoso diário, onde lança um olhar implacável sobre si mesmo e o mundo durante 60 anos. Uma obra gigantesca constantemente censurada antes da Revolução dos Cravos, grande parte da qual foi traduzida para o francês.

As linhas poéticas, musicais e fotográficas entrelaçam-se para deixar o viajante-espectador sonhar livremente.

Vídeo: Rui Moreira

Mais informações e reservas: Cité Mirroir

Artigos relacionados

Últimos artigos