24.9 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Espera de três meses para ser operado

Clique para ampliar Em 2012, o número de doentes propostos para cirurgia cresceu 2,1% face ao ano anterior.

Os utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) aguardaram, em média, três meses para serem operados em 2012 e 15,1% dos doentes não foram operados dentro dos tempos devidos, segundo o relatório síntese da atividade cirúrgica programada.

O documento, que apresenta a informação revista e corrige os dados provisórios, revela que no ano passado foram alvo de intervenção cirúrgica 534.415 inscritos para cirurgia, mais 6,1% do que em 2011. Destes, a maioria foi operada nos hospitais públicos (445 mil), seguindo-se os hospitais em Parceria Público Privada (37.302), hospitais convencionados (26.852) e hospitais com protocolo (25.261).

Em 2012, e segundo o documento divulgado esta quarta-feira pelo Ministério da Saúde, o número de doentes propostos para cirurgia cresceu 2,1% face ao ano anterior (38,1% face a 2006). Entretanto, a Lista de Inscritos para Cirurgia diminuiu 7,5% face ao ano anterior, com menos 13.558 pessoas a aguardar cirurgia.

Relativamente à média de tempo de espera para cirurgia, esta situou-se nos três meses em 2012, “a mais baixa de sempre no SNS”, segundo o Ministério da Saúde.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/saude/espera-de-tres-meses-para-ser-operado

Artigos relacionados

Últimos artigos