22.4 C
Bruxelas
10 Agosto 2022

Espanha tem a maior taxa de desemprego do mundo

Clique para ampliar Os países com mais desemprego em todo o mundo são próximos de Portugal: Espanha e a Grécia.

São esses os dois países a ocupar os primeiros lugares do mundo no que toca às estatísticas negras do mercado de trabalho, segundo o «Financial Times Deutschland», que cita estatísticas obtidas pelo jornal da Organização Mundial de Trabalho.

«Espanha bate o recorde mundial do desemprego» é a manchete do jornal que está a ser amplamente citado na televisão alemã N-tv e que também já merece várias referências na imprensa espanhola, segundo a Lusa.

Espanha e Grécia ocupam os primeiros lugares, segundo o «Financial Times Deutschland» O jornal refere que a estatística se refere aos dados de apenas 178 países sendo que, possivelmente, possa haver outros países (maioritariamente africanos) onde o desemprego seja ainda mais elevado que Espanha.

Ao mesmo tempo, o jornal refere que outros países podem ter dados «pouco fiáveis» e que o seu desemprego pode também ser mais elevado, como é o caso da Namibia.

Matizes que, segundo o jornal espanhol «El Mundo», em vez de ajudar Espanha – pelos países com os quais é comparada – acabam por tornar «ainda mais triste e dramático o retrato do mercado laboral espanhol», onde o desemprego se aproxima dos 25%.

Na sua análise dos dados, o jornal considera que os valores demonstram que os cortes públicos, somados à falta de crédito na economia, «formam um cocktail explosivo cujas consequências vão muito mais além do que se tinha previsto».

As previsões da OIT não auguram anos positivos para Espanha, indicando que em 2015 o desemprego será ainda de 23,4% e que o desemprego entre os jovens continuará a rondar os 50%.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos