21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Espanha quer mar das Selvagens

Clique para ampliar Madrid considera que as ilhas são rochedos desabitados e contesta o pedido português para estender a sua Zona Económica Exclusiva.

As Selvagens constituem o último episódio soberanista de Espanha. Desta vez, está em questão a jurisdição da zona marítima circundante, com Madrid a considerar que as ilhas são apenas rochedos e que, por isso, Portugal não tem direito a uma Zona Económica Exclusiva tão extensa – atualmente cerca de 200 milhas marítimas.

Portugal enviou, em 2009, uma proposta à Comissão de Limites de Plataformas Continentais da ONU para aumentar a sua área marítima de 200 para 350 milhas. As ilhas, recorde-se, compostas pela Selvagem Grande, Selvagem Pequena e o ilhéu de Fora, encontram-se a 250 km da Madeira, mas apenas a 165 das Canárias, agudizando o conflito sobre a exploração das águas.

Depois da visita do Presidente da República, Cavaco Silva, às ilhas, em julho, a polémica ganhou novos contornos, com Espanha a enviar uma nota à ONU contestando a proposta lusa, sob argumento de que as Selvagens são rochedos inabitados, opinião esta não partilhada por Portugal, que defende a sua classificação como ilhas.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/espanha-quer-mar-das-selvagens

Artigos relacionados

Últimos artigos