24.9 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Escândalo Casa Pia: todos presos

Clique para ampliar Jorge Ritto e Manuel Abrantes juntaram-se a Cruz e ‘Bibi’ na Carregueira. Ferreira Diniz foi detido pela Judiciária.

Dois anos depois de terem sido declarados culpados, os cinco condenados do processo Casa Pia estão finalmente todos presos. Depois de Carlos Silvino e Carlos Cruz, Manuel Abrantes e Jorge Ritto entregaram-se ontem na prisão da Carregueira. Já Ferreira Diniz resistiu, mas horas depois foi detido no seu consultório, em Belém, e conduzido aos calabouços da PJ.

Os mandados de detenção foram emitidos pelo juiz da 8ª vara criminal de Lisboa na quarta-feira à noite, mas o ex-provedor-adjunto e o embaixador seguiram os passos de Cruz e entregaram-se. Pelo contrário, Ferreira Diniz fez logo saber que não iria voluntariamente para a cadeia, obrigando a polícia a ir buscá-lo.

Abrantes, de 59 anos, e Ritto, de 77, juntaram-se, assim, a Carlos Cruz, de 71, na zona de admissão da prisão da Carregueira, em Sintra, dez anos depois de terem estado detidos preventivamente, também ao mesmo tempo, no Estabelecimento Prisional de Lisboa – o ex-apresentador foi detido em fevereiro de 2003, o antigo provedor em abril e o embaixador em maio. Os condenados do processo Casa Pia podem ficar entre 72 horas e duas semanas na ala temporária em que agora se encontram – que tem apenas dez celas – período durante o qual são avaliados física e psicologicamente.

Não vão, por isso, tão depressa encontrarem-se com Carlos Silvino – ‘Bibi’ –, o ex-motorista da instituição que já se encontra desde janeiro a cumprir a pena de 15 anos de prisão a que foi condenado.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/escandalo-casa-pia-todos-presos

Artigos relacionados

Últimos artigos