20.3 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

Doentes sem acesso ao tratamento da dor

Clique para ampliar A dor crónica é um sintoma que, em muitos casos, não é devidamente tratada devido à falta de informação dos médicos. Para os ajudar a tratarem de forma mais adequada os doentes foi apresentado esta segunda-feira um manual sobre a dor. A apresentação foi feita por responsáveis da Clínica da Dor do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa.

Uma das autoras do manual e coordenadora da Clínica da Dor do IPO, Matilde Raposo, afirmou que “ainda persistem mitos” acerca dos medicamentos opióides, como a morfina, que faz com que seja reduzido o número de doentes tratados.

“Ainda há a ideia que a morfina causa dependência e essa é uma das razões que faz com que muitos doentes não tenham acesso ao tratamento da dor”, afirmou Matilde Raposo.

A par da falta de informação sobre o tratamento da dor, Portugal tem ainda falta de médicos com formação nesta área e falta de uma rede de referenciação, que permita conduzir os doentes para as unidades com tratamento da dor.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/saude/doentes-sem-acesso-ao-tratamento-da-dor

Artigos relacionados

Últimos artigos