21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Desemprego: Carvalho da Silva teme subida da taxa para 15%

Clique para ampliar O secretário-geral da CGTP, Carvalho da Silva, anteviu esta quarta-feira taxas de desemprego próximas de 15 por cento em Portugal devido às “políticas aplicadas” atualmente.


Depois de uma reunião com o coordenador do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, o dirigente sindicalista comentou os últimos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) sobre desemprego, que no primeiro trimestre de 2011 atingiu os 12,4 por cento.

“A taxa de desemprego está a subir aceleradamente. As políticas que estão ser aplicadas podem projetar o país para taxas de desemprego próximas dos 15 por cento”, antecipou.

Esse cenário seria um “desastre absoluto, provocaria uma situação na sociedade de imensa pobreza e um bloqueio enorme de desenvolvimento, mas esse é um perigo que se corre”, disse.

Carvalho da Silva reafirmou que as “receitas das troikas” levam a um “afundamento contínuo das condições de vida dos portugueses e do processo de desenvolvimento do país”.

O líder da CGTP não previu números até ao final deste ano, mas notou que a “cada dia há mais desempregados e desvalorização do trabalho”.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos