7.3 C
Bruxelas
26 Novembro 2022

Couceiro e Domingos satisfeitos com classificação das suas equipas

Clique para ampliar O treinador do Sporting disse hoje sentir-se “recompensado” pela conquista do terceiro lugar na Liga de futebol, que evita uma situação que podia ter sido “desastrosa”, depois da saída de toda a estrutura do futebol leonino.


“O Sporting tem que querer mais, mas hoje, mais uma vez, os jogadores mostraram que as avaliações que fazem deles não são corretas e pecam por ser até levianas porque eles não podem ser responsabilizados por tudo”, começou por referir.

Segundo José Couceiro, “falharam muitas coisas” no clube, sobretudo a partir de janeiro, com a saída do então presidente José Eduardo Bettencourt e do diretor desportivo Costinha.

“A equipa conseguiu reagir, ter orgulho porque se não podia ter sido desastroso, um descalabro muito grande, e por isso sinto-me recompensado, mas o Sporting é muito grande e tem que almejar mais”, sublinhou.

O técnico falou ainda do momento vivido pela equipa durante as eleições para os órgãos sociais do clube e da entrada da nova direção.

“Nunca tinha vivido uma situação em que toda a estrutura saiu. Fomos para eleições, mas o processo eleitoral foi muito longo e foi um período complicado. No último mês e meio ganhamos alguma estabilidade, mas há que perceber que para ter uma equipa há que ter uma liderança, os nossos adversários têm-na e nós temos que estabilizá-la”, defendeu.

Para o treinador “leonino”, o “último lugar do pódio é um pequeno prémio para o empenho e dificuldades” por que a equipa passou.

Sobre o jogo, disse que o Sporting “ganhou bem”, destacando a entrada em jogo que “surpreendeu” o Braga, a quem elogiou a campanha europeia: “vai fazer 19 jogos na Europa, é algo de excecional”, disse. O clube informou que Izmailov apresentou febre e foi por isso que não jogou.

Já Domingos Paciência disse não querer pensar que a fraca exibição “arsenalista” se tenha ficado a dever ao facto dos jogadores estarem com a cabeça focada mais na final da Liga Europa, que jogará quarta-feira, em Dublin, com o FC Porto, e notou que a equipa acabou por conseguir o objetivo gizado no início da época, ou seja, terminar entre os quatro primeiros.

O treinador do Sporting de Braga revelou ainda que Miguel Garcia, Paulo César e Rodriguez (o defesa central peruano fez hoje mesmo uma ressonância magnética para avaliar a extensão da lesão) estão em dúvida para Dublin, na final da Liga Europa, mas que espera recuperar os jogadores.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos