16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Costa: PS “não é alternativa clara e imediata” ao Governo

Clique para ampliar Presidente da autarquia de Lisboa defende que há um clima de desconfiança entre os eleitores e os partidos políticos.

O dirigente socialista António Costa advertiu na quinta-feira à noite que há um clima de desconfiança entre os eleitores e os partidos políticos e defendeu que o PS deve envolver-se mais nas suas ligações aos movimentos sociais.

Estas posições, segundo dirigentes socialistas contactados pela agência Lusa, foram transmitidas pelo reeleito presidente da Câmara de Lisboa na reunião da Comissão Política Nacional do PS, que fez uma avaliação consensual sobre os resultados obtidos por esta força política nas eleições autárquicas do passado domingo.

De acordo com membros da Comissão Política do PS, António Costa sustentou que os resultados das eleições autárquicas, com o crescimento de movimento independentes, assim como a taxa de abstenção verificada, mostram uma clara desconfiança dos eleitores em relação aos partidos.

Para o PS se conseguir afirmar no plano político, António Costa defendeu que o seu partido terá de se envolver mais e abrir aos movimentos sociais, casos dos sindicatos ou das universidades.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/costa-ps-nao-e-alternativa-clara-e-imediata-ao-governo

Artigos relacionados

Últimos artigos