16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Corte nas ajudas de custo da Função Pública por deslocação

Clique para ampliar O Governo propôs esta segunda-feira aos sindicatos da função pública que as ajudas de custo por deslocação passem a ser pagas a partir dos 20 quilómetros de distância, disse à Lusa o presidente do STE.

O dirigente do Sindicato dos Quadros Técnicos do Estado (STE), Bettencourt Picanço, alertou para a alteração ao direito a ajudas de custo no sector público, que neste momento abrange as deslocações diárias para além dos cinco quilómetros e as viagens em dias sucessivos para lá dos 20 quilómetros.

Desta forma, de acordo com o documento enviado aos sindicatos para ser discutido na quarta-feira, “só há direito ao abono de ajudas de custo nas deslocações diárias que se realizem para além de 20 quilómetros do domicílio necessário e nas deslocações por dias sucessivos que se realizem para além de 50 quilómetros do mesmo domicílio”.

Os sindicatos que representam os trabalhadores da função pública criticaram hoje o “ataque brutal” aos direitos dos trabalhadores”, face à proposta do Governo de aumentar a idade da reforma para os 65 anos já em 2013.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/corte-nas-ajudas-de-custo-da-funcao-publica-por-deslocacao

Artigos relacionados

Últimos artigos