23.3 C
Bruxelas
14 Agosto 2022

Coreia do Norte lançou míssil de longo alcance

Clique para ampliar A Coreia do Norte confirmou esta quarta-feira que lançou um foguete de longo alcance, afirmando ter sido bem-sucedida na missão de colocar um satélite em órbita um satélite, informou a agência oficial norte-coreana KCNA.

“O lançamento de uma segunda versão do nosso satélite Kwangmyongsong-3 a partir do centro espacial de Sohae (…) foi bem-sucedido”, indica um despacho da KCNA, citado pelas agências internacionais.

Segundo a mesma fonte, “o satélite entrou em órbita como planeado”. De acordo com a agência sul-coreana Yonhap, que citou uma fonte governamental, o foguete foi lançado a partir da plataforma de lançamento de satélites de Sohae pelas 09h51 locais (00h51 em Lisboa).

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/coreia-do-norte-lancou-missil-de-longo-alcance

A União Europeia condenou o lançamento, hoje, de um foguete de longo alcance pela Coreia do Norte, considerando que se trata de “uma clara violação” das obrigações internacionais de Pyongyang, e ameaçou com novas sanções.

Numa nota divulgada em Bruxelas, a Alta Representante da UE para os Negócios Estrangeiros e Política de Segurança, Catherine Ashton, considera que o lançamento “é mais um passo numa longa tentativa da Coreia do Norte de adquirir tecnologia de mísseis balísticos, constituindo por isso uma clara violação das obrigações internacionais” do país, em particular à luz de resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Catherine Ashton exorta, por isso, a Coreia do Norte “a cumprir de imediato, na íntegra e incondicionalmente as suas obrigações” à luz das resoluções e dos compromissos relativamente à desnuclearização.

“A UE considerará uma resposta apropriada, em consultas com os seus principais parceiros e em linha com as deliberações do Conselho de Segurança da ONU, incluindo possíveis medidas restritivas adicionais”, termina Ashton.

A Coreia do Norte enalteceu hoje o lançamento bem-sucedido do seu foguete de longo alcance, definindo-o como um acontecimento “pioneiro” que prestou tributo ao falecido líder Kim Jong-Il.

Segundo a agência oficial norte-coreana KCNA, o lançamento foi efetuado a partir da estação de Sohae, no noroeste do país, às 09:49 (00:49 em Lisboa), dois minutos mais cedo do que o previsto pelo exército sul-coreano.

O satélite entrou em órbita cerca de nove minutos após o lançamento, de acordo com informação da KCNA, citada pelas agências internacionais.

A Coreia do Norte insiste que o lançamento do foguete de longo alcance se tratou exclusivamente de um projeto com fins pacíficos, mas os Estados Unidos e os aliados Coreia do Sul e Japão descrevem-no como um teste de míssil balístico, ato que é proibido ao abrigo das resoluções do Conselho de Segurança das Nações Unidas, após os testes nucleares realizados em 2006 e 2009.

LUSA

Artigos relacionados

Últimos artigos