1.8 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Concurso extra para professores

Clique para ampliar O ministro da Educação, Nuno Crato, divulgou ontem, no Parlamento, que a vinculação extraordinária de professores vai avançar antes do ano terminar. “Esta semana ou na próxima o decreto-lei será discutido em Conselho de Ministros”, revelou.

O ministro da Educação não avançou, contudo, com o número de vagas para a colocação de professores no quadro, motivo que levou à contestação da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e da Federação Nacional de Educação (FNE). Dez mil vagas é o número mínimo exigido pela Associação Nacional de Professores Contratados (ANPC).

Nuno Crato manteve também o silêncio sobre onde serão realizados cortes na Educação para que Portugal obedeça à orientação da troika de redução da despesa em quatro mil milhões de euros. O ministro adiantou apenas que parte do corte na despesa da Educação passará a ser suportada pelas 13 mil empresas que participam no ensino vocacional e profissional. Nuno Crato defende que os estágios sejam pagos pelas empresas e não pelo Estado.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/ensino/concurso-extra-para-professores

Artigos relacionados

Últimos artigos