19 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Chelsea campeão numa final muito portuguesa

Clique para ampliar O Chelsea conquistou hoje a Liga dos Campeões de futebol pela primeira vez, ao derrotar o Bayern de Munique, por 4-3, no desempate por grandes penalidades, após o empate 1-1 registado no fim do prolongamento, na Arena de Munique, na Alemanha.

Um golo de Thomas Müller, aos 83 minutos, colocou a equipa alemã na frente, mas Didier Drogba restabeleceu a igualdade, aos 88, forçando o tempo extra, durante o qual o resultado não sofreu alteração, apesar de Arjen Robben ter desperdiçado uma grande penalidade.

Em jogo arbitrado pelo português Pedro Proença, o Chelsea alcançou o seu primeiro título, depois da presença na final em 2008, e sucedeu no historial de campeões ao FC Barcelona, eliminado precisamente pelos ingleses nas meias-finais, negando ao Bayern a conquista da Taça dos Campeões pela quinta vez.

Depois de ter perdido a final de há quatro anos no desempate por penaltis, a equipa londrina levou a melhor, graças aos tiros certeiros de David Luiz, Lampard, Cole e Drogba, que compensaram a falha de Mata. Pelo anfitrião Bayern, marcaram Lahm, Mario Gomez e Neuer, mas Olic e Schweinsteiger falharam.

Sem Hilário, por opção, nem Raul Meireles, castigado, e com Paulo Ferreira no banco e Bosingwa a alinhar os 90 minutos, a equipa londrina conquistou a Liga dos Campeões sob o comando do italiano Roberto Di Matteo, que orientou os “blues” nos últimos cinco jogos da competição, depois de ter substituído André Villas-Boas em fevereiro.

Antes de ter sido afastado do cargo e rendido pelo seu adjunto, o português conduziu a equipa até aos oitavos de final e ainda esteve no banco na primeira mão, mas foi demitido logo depois, cabendo as honras do título europeu ao italiano.

O milionário russo Roman Abramovich atingiu finalmente o objetivo que perseguia desde que se tornou proprietário do Chelsea em 2003. Até agora, os momentos mais altos foram os títulos de campeão de Inglaterra conquistados em 2005, 2006 e 2010, os dois primeiros sob o comando de José Mourinho.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos