16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Cavaco Silva condena desacatos e louva “profissionalismo” da polícia

Clique para ampliar O Presidente da República, Cavaco Silva, condenou esta quinta-feira os “desacatos” ocorridos na manifestação de quarta-feira frente ao Parlamento e louvou “o profissionalismo” da polícia portuguesa.

“Não vi as imagens porque estava a participar em actos oficiais com o Presidente da Colômbia mas pela informação que tenho, quero condenar veementemente a violência, os desacatos que foram provocados por um grupo de cidadãos, que devem fazer pensar os portugueses. Quero elogiar, quero louvar o profissionalismo como a polícia portuguesa desempenhou a função de garantir a ordem pública e combater a violência na nossa democracia”, disse Cavaco Silva, à margem de um seminário sobre o mar, em Lisboa.

Questionado pelos jornalistas, Cavaco Silva considerou que, de acordo com a informação que recebeu, os polícias “portaram-se de uma forma notável, enfrentando violência muito forte que não seria de esperar num dia de greve que correu, em geral, de forma normal”.

Interrogado sobre se os desacatos poderão ser interpretados como uma “consequência da dureza da austeridade”, Cavaco Silva recusou a ideia, afirmando que “não há tolerância possível para desacatos deste tipo e para a violência”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/cavaco-silva-condena-desacatos-e-louva-profissionalismo-da-policia

[ 48 feridos em confrontos ]

[ Cavaco Silva respeita direito à greve, mas decidiu trabalhar para futuro com mais emprego e crescimento ]

[ Passos Coelho: “Não há razão para pessimismo” ]

Artigos relacionados

Últimos artigos