21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Cavaco Silva, candidato mais votado na Bélgica

Clique para ampliar O candidato apoiado pelo PSD e pelo CDS-PP recolheu cerca de 36.33% dos votos dos emigrantes portugueses residentes na Bélgica, após contagem na secção consular de Bruxelas. Para estas eleições presidenciais, votaram 611 portugueses dos 1973 recenseados, número muito superior às anteriores eleições presidenciais de 2001 onde tinham votado somente 376 pessoas.
Este aumento bastante significativo, à volta de 62.5%, é explicado, em parte, pelo « grande interesse que tiveram os portugueses nestas eleições », disse José Campos ao site www.noscafora.be . O Vice-Cônsul também salientou que « muitos jovens vieram exercer os seus direitos cívicos ».

O nível de abstenção chegou aos 70% das pessoas recenseadas nos cadernos eleitorais. O Conselheiro CCP da Bélgica, Francisco Barradas, lamentou esse facto mas não deixou de felicitar « os portugueses que residem em Antuérpia e que vieram até Bruxelas para poder votar ». O novo sistema informático, que permitirá facilitar o recenseamento eleitoral, tornando-o quase automático, é esperado com grande expectativa por parte do representante da comunidade “porque com um simples sim, qualquer emigrante poderá estar recenseado. E com este sistema, julgo que o número de recenseados aumentará significativamente”. No fim das suas declarações ao site Nós Cá Fora.be, O Conselheiro fez a mesma observação que o Vice-Cônsul da Embaixada, relativamente ao número de jovens que votaram nestas eleições, que foi “surpreendentemente muito superior às precedentes eleições”.

Número de recenseados nos cadernos eleitorais : 1973

Número de votantes : 611 ( participação de 30.97%)

Número de votos por candidato :

Cavaco Silva : 222 – 36.33%

Manuel Alegre : 157 – 25.70%

Mário Soares : 102 – 16.69%

Jerónimo de Sousa : 95 – 15.55%

Francisco Louçã : 29 – 4.75%

Garcia Pereira : 3 – 0.5%

Votos em branco : 3 – 0.5%

Votos nulos : 0 – 0%

Pedro Rupio

© Nós Cá Fora

Artigos relacionados

Últimos artigos