18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Castelo de Belmonte

Numa primeira fase, construiu-se o recinto amuralhado, sendo dessa campanha a primitiva Torre de Menagem, e só na segunda metade do século XIII, no tempo de D. Dinis, se realizaram novas obras, com a edificação de uma nova Torre de Menagem.

 Depois de 1297, com a definição das fronteiras orientais, o castelo perdeu importância, mas foi ainda de extrema utilidade nas guerras da sucessão dinástica que assolaram a zona após a morte de D. Fernando (1383).

No século XV, o castelo transformou-se em residência dos alcaides de Belmonte – cargo primeiramente ocupado por Luís Álvares Cabral – , notando-se no recinto as ruínas do antigo paço de Fernão Cabral e, no flanco poente da muralha, uma porta de arco pleno sobrepujada por uma pedra de armas desta família, associada à esfera armilar.

Em 1466 D. Afonso V criou a alcaidaria-mor de Belmonte, entregando-a a título hereditário a Fernão Cabral, pai do futuro navegador Pedro Álvares Cabral.

Por esta altura, já o Castelo de Belmonte era uma fortaleza secundária no contexto militar nacional, e as obras que a família Cabral nele levou a cabo arrastaram-se por várias gerações.

 A reforma, então, empreendida definiu um edifício com pátio central, em redor do qual se estruturaram várias áreas residenciais e de serviços de apoio, datando dessa mesma campanha a janela geminada, da campanha de obras manuelina, situada na face poente do Castelo, ao que tudo indica mandada abrir por D. Joana Coutinho, mulher de João Fernandes Cabral.

Em meados do séc. XVII, um violento incêndio consumiu a zona habitacional, determinando o seu abandono e subsequente ruína. Na actualidade, o castelo é utilizado para diversos fins culturais, e no programa de valorização da responsabilidade do IPPAR está em curso a instalação de uma área museológica e diversas obras de beneficiação do exterior e zona envolvente.

© www.ippar.pt


Endereço : Rua do Postiguinho de Valadares Edifício : P.T. 6000-262 Castelo Branco

Horário : 10:00-12:30/14:00-17:00

Encerra no dia 1 de Janeiro, Domingo de Páscoa e 25 de Dezembro.

Ingresso Normal : € 1.5

Jovens (15 a 25 anos) e reformados : € 0.75

Portadores do Cartão Jovem : € 0.6

Telefone +351 272 320 312 Fax +351 272 320 315 E-mail drcb.ippar@ippar.pt

Loja :Posto de Vendas. Tel. +351 275 913 901

Acessos : IP2, em direcção a Belmonte

Artigo anteriorCastelo de Ansiães
Próximo artigoCastelo de Belver

Artigos relacionados

Últimos artigos