18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Cáritas cria linha de apoio aos portugueses emigrados

Clique para ampliar O presidente da Cáritas Portuguesa, Eugénio da Fonseca (na foto), anunciou que irá ser criada uma linha de apoio aos emigrantes, capaz de auxiliar os portugueses no novo país de acolhimento.

Esta é uma das ideias que consta das conclusões do Conselho Geral da Cáritas, que esteve reunido em Leiria desde sexta-feira.

No último dia de trabalhos, Eugénio da Fonseca revelou que esta iniciativa justifica-se perante o aumento da emigração nos últimos tempos, que resulta “da falência de empresas, sobretudo na área da construção civil”.

Para desenvolver esta ideia, pode ler-se no documento da Cáritas que dá conta das conclusões do Conselho Geral, “está marcado para os dias 18 e 19 de abril, em Lisboa, um encontro entre responsáveis das Cáritas e das capelanias, bem como de responsáveis desta área da pastoral em Portugal”.

O responsável pela Cáritas frisa que “já foi manifestada disponibilidade por parte da secretaria de Estado das Comunidades [Portuguesas] para prestar apoio financeiro às capelanias para um apoio imediato em alimentação e abrigo aos emigrantes”.

Contudo, Eugénio da Fonseca alerta que, para além de se avançar para o desenvolvimento de “programas comuns de proteção a portugueses que se encontram completamente desenraizados”, é também necessária uma campanha de sensibilização antes da sua partida, de forma a prevenir situações de emergência social.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos