31.6 C
Bruxelas
13 Agosto 2022

Cameron quer mais cortes no orçamento da UE

Clique para ampliar O primeiro-ministro britânico, David Cameron, considerou esta sexta-feira insuficientes as alterações incluídas na nova proposta de orçamento comunitário para 2014-2020, afirmando ser necessário “um corte razoável”.

“Não creio que até agora tenha havido avanços suficientes. Há um problema, já que não houve progressos suficientes nas propostas de cortes na despesa adicional”, afirmou Cameron, à entrada para o segundo dia da cimeira europeia extraordinária sobre o orçamento da União Europeia (UE), em Bruxelas.

O primeiro-ministro britânico disse ainda que “não é o momento de fazer pequenos ajustes, nem de tirar dinheiro de uma parte do orçamento para outra”, e que é necessário fazer “um corte de despesa razoável”, que é o que está a acontecer com o Reino Unido e o “que tem de acontecer” no orçamento comunitário.

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia retomam hoje às 12h00 locais (11h00 em Lisboa) as negociações sobre o orçamento comunitário para 2014-2020, com uma nova proposta nas mãos, mas a maioria dos líderes mostra-se descrente num acordo.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/cameron-quer-mais-cortes-no-orcamento-da-ue

Artigos relacionados

Últimos artigos