18.4 C
Bruxelas
16 Agosto 2022

Câmara vai gerir Casa das Histórias com família de Paula Rego

Clique para ampliar A família de Paula Rego quer ter um papel mais ativo na programação da Casa das Histórias, refere o acordo assinado esta terça-feira entre a pintora e a Câmara de Cascais, que vai gerir aquele museu.

Segundo a autarquia, o acordo agora assinado em Londres entre o presidente da Câmara, Carlos Carreiras, e Paula Rego, prevê que o filho da pintora Nicholas Willing tenha “um papel mais efetivo na programação da Casa das Histórias”, um desejo manifestado pela família.

Este ponto do acordo começa a ser cumprido já a 17 de maio, com uma exposição, proposta pela família da artista portuguesa, e que integra obras dedicadas a óperas – algumas delas em depósito na Casa das Histórias; outras oriundas de uma coleção privada.

Segundo a Câmara de Cascais, Paula Rego estará presente na inauguração da exposição, marcada para a véspera do Dia Internacional dos Museus.

O acordo surge depois de o Governo ter decidido extinguir a Fundação Paula Rego e de a Câmara de Cascais ter-se comprometido, com parecer favorável da família e da artista, em gerir o museu com o nome da pintora.

Deste aditamento ao Contrato de Doação e Comodato consta ainda que todas as obras de Paula Rego, ao abrigo do regime de doação e comodato, ficam na Casa das Histórias, num total de 574 obras no espólio de doação (gravuras e desenhos com várias técnicas) e a totalidade do espólio do comodato, 70 obras (15 pinturas de Victor Willing, 28 Pinturas de Paula Rego e 27 desenhos da artista).

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/camara-vai-gerir-casa-das-historias-com-familia-de-paula-rego

Artigos relacionados

Últimos artigos