2.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Bruno de Carvalho critica listas adversárias

Clique para ampliar O candidato à presidência do Sporting Bruno de Carvalho criticou esta quarta-feira a composição das listas adversárias, que acusa de quererem “ardilosamente” colocar pessoas “não escrutinadas” no clube após as eleições.

“E mais uma vez verifico com muita tristeza e indignação que a minha frontalidade e a minha transparência não foram acompanhadas por outras candidaturas que, com jogos e acordos de bastidores, apresentaram listas curtas e incompletas com a intenção de poderem ardilosamente colocar à socapa no clube e na SAD, depois das eleições, pessoas não escrutinadas nem eleitas pelos sócios do Sporting”, refere Bruno de Carvalho, em comunicado.

Defendendo que os três candidatos devem ser “transparentes, frontais e rigorosos”, Bruno de Carvalho deixou uma crítica velada a José Couceiro, um dos adversários, e a João Pedro Paiva dos Santos, que abdicou a favor do antigo treinador, mas não chegou a apresentar uma lista ao Conselho Leonino.

O candidato acusa ainda “a pressão financeira que está a ser exercida sobre as centenas de profissionais dedicados e competentes” do clube e da SAD, que considera “escandalosa e inadmissível” e “altamente desrespeitosa para quem se dedica de alma e coração ao Sporting”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/bruno-de-carvalho-critica-listas-adversarias

[ Novo líder vai precisar de 45 milhões de euros ]

[ “Vamos baixar os custos da SAD” ]

Artigos relacionados

Últimos artigos