3.4 C
Bruxelas
5 Dezembro 2022

Biografia de Vasco da Gama

Até então, o caminho habitual para os europeus era por terra, o que demorava muito tempo…

A Índia tinha especiarias, que era uma mercadoria valiosa na Europa, o que interessava aos portugueses (e a outros povos) para as venderem de novo e assim ganharem muito dinheiro.

Biografia de Vasco da GamaQuanto mais barato se comprasse, menos se gastava e podia-se vender na mesma ao preço habitual, por isso esta descoberta era muito importante !

Evitavam-se assim os intermediários, que vendiam as mercadorias sempre um pouco mais caras do que as tinham comprado, claro !

No dia 8 de Julho de 1497, por ordem do rei D. Manuel I, Vasco da Gama partiu do Restelo, em Lisboa, com 170 homens e quatro barcos para tentar chegar à Índia por mar.

O mais complicado foi passar no Cabo da Boa Esperança, no extremo (sul) da África do Sul, onde há sempre muitas tempestades.

Biografia de Vasco da GamaO que lhe valeu foi que o navegador Bartolomeu Dias já o tinha conseguido dobrar em 1488, e assim os marinheiros de Vasco da Gama já não tiveram tanto medo, pois já sabiam os segredos do Cabo.

Antes de Bartolomeu Dias o ter dobrado, o Cabo da Boa Esperança se chamava Cabo das Tormentas. É que não havia navio nenhum que ali não naufragasse !

Em Maio de 1498, chegou a Calecute (na Índia) com a caravela Bérrio e as naus São Gabriel (comandada por ele) e São Rafael (comandada pelo irmão, que se chamava Paulo da Gama).

Biografia de Vasco da GamaQuando voltou a Lisboa, em Agosto de 1499, foi recebido por D. Manuel I com muitos elogios e alguns “prémios” pelo bom serviço que tinha prestado ao reino.

Um desses “prémios” foi poder passar a ser chamado de “Dom”, um título que o rei só dava aos senhores mais importantes do reino.

Vasco da Gama ainda fez mais duas viagens por mar até à Índia. Uma em 1502 e outra em 1524. Quando regressou da viagem de 1502, em 1504, foi novamente recebido muito bem e ganhou os títulos de conde da Vidigueira e de vice-rei da Índia.

Morreu pouco depois da sua última viagem, no dia 25 de Dezembro de 1524, em Cochim, na Índia, devido a uma doença muito grave.

Adaptado do site Júnior (www.junior.te.pt)

Artigo anteriorA Descoberta do Brasil
Próximo artigoBatalha de Aljubarrota

Artigos relacionados

Últimos artigos