19 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Biografia de Dom Dinis

Uma das primeiras coisas que fez foi instaurar as chamadas Inquirições (não confundir com a Inquisição !). Esta medida não deixou o clero e a nobreza nada felizes, mas o rei não se importou.

Cada rei tinha um cognome, uma espécie de alcunha pela qual ficavam conhecidos. D. Dinis era “O Lavrador”.

Era assim chamado por duas razões :

Biografia de Dom Dinis1. Desenvolveu a agricultura, dando terras para cultivar a quem não as tinha (mas apenas se as trabalhassem) e por transformar zonas de pântanos em terras próprias para a agricultura.

2. Mandou plantar o famoso pinhal de Leiria. Aliás, a verdade é que apenas substituiu os pinheiros mansos que já existiam por pinheiros bravos, de melhor crescimento e raízes mais fortes. Assim preveniu a erosão.Para aumentar o comércio, D. Dinis promoveu as feiras francas, onde os comerciantes não pagavam determinados impostos. Por exemplo, não pagavam portagens, que já na altura eram caras.

Também ajudou a incentivar o comércio com outros países e protegeu a exportação para a Europa de produtos agrícolas, peixe e sal (que tínhamos muito), em troca de tecidos.

As ordens religiosas militares passaram a depender do rei, e foram substituídas pela Ordem de Cristo, que depois seria muito importante nos Descobrimentos.

Na cultura também foi um dos reis que se distinguiu mais. Além de ser poeta, protegia os nossos escritores e fazia com que se guardassem todos os seus escritos no Estudo Geral de Lisboa.

Por outro lado, fundou a Universidade de Coimbra, que foi durante muitos anos a única em Portugal ! Foi a partir do seu reinado que todos os documentos passaram a ser escritos em português, antes era tudo escrito em latim.

Biografia de Dom DinisD. Dinis foi muito inovador. Infelizmente nem todos concordavam com as suas ideias o que levou a algumas guerras com o irmão, o rei de Castela, e mesmo com o seu filho mais velho.

Quem tentava sempre acabar com estes problemas era a rainha Santa Isabel, uma mulher muito religiosa e que se dedicava a ajudar os pobres e os inocentes. Dizia-se que fazia milagres, dos quais o Milagre das Rosas é o mais conhecido.

D. Dinis nasceu em Santarém, em 1261, e morreu na mesma cidade em 1325. Foi sepultado no Mosteiro de Odivelas. Era filho de D. Afonso III e de D. Beatriz.

Casou com D. Isabel de Aragão (um reino de Espanha) e teve dois filhos : D. Constança e D. Afonso, que veio a ser D. Afonso IV.

Adaptado do site Júnior( www.junior.te.pt)

Artigos relacionados

Últimos artigos