2.4 C
Bruxelas
2 Dezembro 2022

Biografia de Antero de Quental

Antero de Quental repudiou o romantismo tradicional, que lhe havia proporcionado fama, e passou a defender um compromisso social com a poesia. No final da década de 1860, Quental – aristocrata por nascimento – defendeu reformas sociais, ao mesmo tempo em que realizava viagens políticas pela França, Canadá e Estados Unidos, participando nas conferências democráticas das quais surgiu o socialismo português.

Com o passar dos anos e já tuberculoso, Antero de Quental renegou muitas das actividades da sua vida e dedicou-se à leituras de autores pessimistas, como Schopenhauer e Hartmann. Os seus sonetos desta época, reunidos e publicados em 1886, mostram estas influências, além de descreverem os acontecimentos políticos e sociais da sua época.

Adaptado do site www.falalingua.hpg.ig.com.br

Artigos relacionados

Últimos artigos