17.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Benfica sofre por culpa própria

Clique para ampliar Um golo de Salvio no período de compensação impediu ontem a interrupção da série de 36 jogos consecutivos sem derrotas e confirmou a qualificação para as meias finais da Liga Europa, em Newcastle, onde o Benfica sofreu com a pressão inglesa muito mais do que a diferença entre as equipas justificaria.

Um golo de Salvio no período de compensação impediu ontem a interrupção da série de 36 jogos consecutivos sem derrotas e confirmou a qualificação para as meias finais da Liga Europa, em Newcastle, onde o Benfica sofreu com a pressão inglesa muito mais do que a diferença entre as equipas justificaria.

O argentino Nico Gaitán realizou uma excelente exibição no meio-campo, a apoiar o ponta de lança, primeiro, e na ala esquerda, depois, mas falhou as oportunidades que teriam simplificado a tarefa e salvo a equipa de um período de grande sufoco ao longo de meia hora depois do intervalo.

Num primeiro tempo sereno e controlador, em que o Newcastle demorou 41 minutos a conseguir fazer o primeiro remate, Gaitán ficou isolado por um passe de Lima, que roubou a bola ao guarda-redes, mas não conseguiu colocar a bola, rechaçada sobre a linha de golo por Haidara (27). E pouco depois, Salvio errou o alvo num cabeceamento solicitado por Ola John.

As substituições do Newcastle deram a volta ao jogo e empurraram o Benfica para trás. Ameobi e, sobretudo, Ben Arfa desequilibraram o jogo, mas foi preciso um erro absurdo de Matic e Garay para os ingleses chegarem ao golo, por Cissé, o qual já tinha visto duas finalizações anuladas por fora de jogo.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/atualidade/benfica-sofre-por-culpa-propria

Artigos relacionados

Últimos artigos