20.3 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

Beijo entre polícias sela manifestação

Clique para ampliar Elementos da PSP tentam derrubar grades mas concentração termina sem incidentes.

Polícias fardados de um lado. E polícias à civil do outro. O cenário – a lembrar o célebre protesto dos ‘Secos e Molhados, em 1989, no Terreiro do Paço – decorreu, desta vez, sem incidentes, apesar de alguns ânimos mais exaltados. Ainda assim, na manifestação que reuniu polícias frente à Assembleia da República, houve quem gritasse ‘invasão, invasão e as barreiras estiveram prestes a ser derrubadas. Mas, no fim, ainda houve direito a beijos entre colegas… separados por grades.

Célia Lopes, chefe no Comando de Oeiras, de 47 anos – 24 na PSP – foi a protagonista de um acto simbólico. “Ele foi meu colega de curso e este beijo foi apenas uma brincadeira. Eles estão do lado de lá, a fazer o trabalho deles, mas sabemos que em pensamento estão com todos nós”, disse ao CM a chefe da polícia. “Sabemos que é difícil para eles estarem daquele lado e, se não estivessem de serviço, acredito que estariam também a manifestar-se.”

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/beijo-entre-policias-sela-manifestacao-com-video

Artigos relacionados

Últimos artigos