25.5 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Banco de Portugal regista mais de 15 mil reclamações

Clique para ampliar Em média, as reclamações registadas em 2012 foram resolvidas em 36 dias, menos 12 dias do em 2011.

O número de reclamações de clientes bancários contra instituições financeiras que atuam no mercado português subiu no ano passado 6,2% para 15.603, revelou esta quinta-feira o Banco de Portugal.
Este aumento quebrou a tendência de redução que tinha sido observada nos anos anteriores e a entidade liderada por Carlos Costa deu razão aos clientes em mais de metade das reclamações que recebeu.

Nos 56% dos casos em que o Banco de Portugal detetou indícios de infração por parte dos bancos visados pelas reclamações, “a situação reclamada foi solucionada pela instituição de crédito, por sua iniciativa imediata ou por recomendação e/ou determinação específica” do regulador.

Em média, as reclamações registadas em 2012 foram resolvidas em 36 dias, menos 12 dias do em 2011.

Na conferência de imprensa de apresentação do relatório de supervisão comportamental de 2012, na sede do regulador, em Lisboa, Carlos Costa realçou a “confiança” que os portugueses revelam ter pelo sistema bancário, destacando “a evolução dos depósitos muito positiva e melhor do que noutros países europeus”.

Durante o ano passado, o Banco de Portugal emitiu 1.102 recomendações e determinações específicas, “exigindo às instituições supervisionadas a correção dos incumprimentos e irregularidades detetados”, lê-se no relatório hoje divulgado.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/banco-de-portugal-regista-mais-de-15-mil-reclamacoes

Artigos relacionados

Últimos artigos