3.8 C
Bruxelas
8 Dezembro 2022

Banca abana cadeira da presidência a Godinho Lopes

Clique para ampliar A gestão desportiva de Godinho Lopes aos olhos dos bancos financiadores (sobretudo o BES) abanou nos últimos tempos do mandato do presidente leonino e contribuiu para a demissão ontem oficializada.

José Maria Ricciardi, presidente do BES Investimento (um dos bancos credores do Sporting), disse em dezembro “que a equipa tem tido um desempenho ridículo e custa praticamente quase o dobro do Sp. Braga”, numa mensagem clara de insatisfação relativamente à gestão da SAD liderada por Godinho Lopes.

Um mês depois, Godinho e todos os elementos dos órgãos sociais demitiram-se, com os resultados da equipa a não melhorarem, a SAD a ter dificuldades para se recapitalizar e a não conseguir qualquer reforço no último dia do mercado de inverno. Recorde-se que Ricciardi também tinha criticado a gestão do anterior presidente, José Eduardo Bettencourt, e passado pouco tempo, o gestor demitiu-se.

O CM sabe que Godinho Lopes está a ponderar recandidatar-se nas eleições de 23 de março, mas fonte ligada ao dirigente disse que ele está “muito dividido”. “Não é homem de deixar projetos a meio, sentiu-se triste por não poder levar o seu programa de mandato até ao final, mas por outro lado tem tido óbvio prejuízo da sua vida pessoal e uma derrota constituiria para ele um revés, até porque não está habituado a perder. Fez tudo o que podia pelo Sporting, sempre com grande entusiasmo”, disse ao CM a mesma fonte.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/actualidade/banca-abana-cadeira-da-presidencia-a-godinho-lopes-com-video

[ Godinho Lopes aceita demitir-se ]

Artigos relacionados

Últimos artigos