2.4 C
Bruxelas
2 Dezembro 2022

Alemães já começaram a comprar empresas gregas

Clique para ampliar O Governo grego acordou a venda de uma participação de 10 por cento na Hellenic Telecommunications (OTE) à Deutsche Telekom por cerca de 400 milhões de euros, a primeira venda de ativos do primeiro-ministro George Papandreou.


O Estado grego vai vender 49 milhões de ações da OTE à Deutsche Telekom, disse em comunicado a empresa com sede em Bona.

Após a concretização da operação, o Governo fica com uma participação de 10 por cento mais um voto na OTE, enquanto a Deutsche Telekom fica com 40 por cento mais um voto.

Dos 10 por cento de participação com que fica o Estado grego, seis por cento deverão também ser alienados, segundo a agência de informação financeira Bloomberg, enquanto os outros quatro por cento deverão continuar na posse de um fundo de pensões estatal.

Papandreou pretende conseguir 50 mil milhões de euros com a venda de ativos estatais e de imóveis públicos até 2015 como contrapartida dos 110 mil milhões de euros de resgate da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional.

Jean-Claude Juncker, líder do Eurogrupo, instou recentemente o Governo grego a vender empresas estatais “rapidamente” para reduzir a dívida pública.

A Deutsche Telekom gastou 3,8 mil milhões de euros desde 2008 em ações da OTE, tentando aproveitar o crescimento da empresa grega nos mercados da Roménia, Bulgária e Albânia.

No mesmo período, o Governo grego reduziu a sua participação de 28 para 20 por cento, mantendo o poder de veto sobre as decisões empresariais assim como a nomeação do presidente executivo.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos