20.3 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

Águias e dragões fogem à crise

Clique para ampliar Benfica foi o clube que mais investiu na contratação de jogadores, quase mais dez milhões do que na época 2012/2013.

A crise não afetou as contratações de Benfica e FC Porto, com os dois rivais a gastarem mais do que na temporada 2012/2013. O Sporting foi o único dos três grandes a reduzir drasticamente o investimento (de 8 para 1,4 milhões de euros) em contratações para o plantel profissional.

As águias adquiriram 13 reforços (32,1 milhões), aumentando em 28% o investimento em relação a 2012/2013 (25 milhões).

Já os dragões mais do que dobraram os gastos em novos atletas (124%) para esta temporada. Os mais caros, Héctor Herrera (oito milhões) e Diego Reyes (sete milhões), estão curiosamente num período de adaptação à realidade portista, pelo que têm alinhado quase exclusivamente pela equipa B.

Por sua vez, o grande investimento em jogadores sérvios tem trazido alguns dividendos às águias. Lazar Markovic (que custou cinco milhões de euros) já apontou dois golos na Liga, um deles numa jogada individual fantástica no dérbi. Também Djuricic (contratação mais cara das águias: seis milhões) tem sido uma opção de Jorge Jesus.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/atualidade/aguias-e-dragoes-fogem-a-crise

Artigos relacionados

Últimos artigos