7.3 C
Bruxelas
26 Novembro 2022

Acordo Ortográfico: Andam “a brincar” com o ensino

Clique para ampliar A Associação de Professores de Português (APP) “lamenta” as declarações do secretário de Estado da Cultura sobre possíveis alterações ao Acordo Ortográfico (AO), e considera que se anda “a brincar” com o Ensino.

Em declarações à agência Lusa, a presidente da APP, Edviges Ferreira, afirmou que “é de lamentar as declarações do secretário de Estado [da Cultura], e também que entre os governantes não haja acordo”.

A responsável recordou que “saiu uma portaria do Ministério da Educação, segundo a qual os professores são obrigados a aplicar o novo Acordo Ortográfico a partir do ano lectivo 2011/12, a decorrer”.

“E agora com que cara vão dizer aos alunos que cada um escreve como entende”, questionou a docente. “Andam a brincar com o ensino, com os professores, com os alunos, com os pais, com toda uma comunidade”, disse.

Para a presidente da APP as declarações de Francisco José Viegas “destoam da contenção orçamental que nos é exigida”, referindo os gastos já feitos com “os manuais escritos já impressos segundo as novas regras” e os que implica a reformulação das regras.

Edviges Ferreira disse ainda que “as declarações do secretário de Estado são muito contraproducentes do ponto de vista pedagógico”

O secretário de Estado da Cultura, Francisco José Viegas, afirmou na terça-feira a uma estação televisiva seria “possível efectuar ajustamentos em alguns casos, relacionados com as palavras de dupla grafia e as sequências consonânticas”.

“Temos essa possibilidade e eu acho que vamos usá-la. Temos de aperfeiçoar aquilo que há para aperfeiçoar”, disse o governante no programa televisivo, admitindo que não gostava de algumas regras.

Leia mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/acordo-ortografico-andam-a-brincar-com-o-ensino

Artigos relacionados

Últimos artigos