6.8 C
Bruxelas
27 Novembro 2022

A portuguesa da Venezuela que pode ser Miss Mundo

Clique para ampliar Uma dieta rigorosa e aulas de passerelle são algumas das novidades na vida de Mara Freitas Andrade, uma luso-venezuelana que se está a preparar para participar no concurso de beleza Miss Mundo Portugal 2011.


“Estou na expetativa, seguindo as minhas rotinas diárias, faço dieta, exercício e frequento aulas de passerelle. Fiquei surpreendida porque não esperava ser admitida no concurso. Do Centro Marítimo da Venezuela enviaram as minhas fotografias à organização, que perguntou se eu queria participar”, explicou à Agência Lusa.

Garantindo que é portuguesa e venezuelana de coração, Mara Damásia Freitas Andrade, 21 anos, nasceu no Funchal. Emigrou para Caracas quando apenas tinha um ano de idade, já esteve de visita várias vezes ao país de origem e agora vai regressar para o Miss Mundo Portugal, que se realiza a 27 de agosto próximo.

O concurso tem por objetivo eleger as candidatas que irão representar Portugal em vários concursos de beleza internacionais.

“Como todas as raparigas, sonho participar num concurso de beleza. Ao saber da resposta, preocupei-me porque não tenho muito conhecimento sobre este tipo de concursos, não pensava que exigia tanto, mas estou a preparar-me bem”, disse.

A luso-descendente explicou que tem tido dificuldade em emagrecer alguns quilos porque está habituada a comer pão. Depois de sair do trabalho, num escritório de contabilidade, tenta queimar as calorias no ginásio.

A candidata está também a tentar aperfeiçoar o português porque precisa “soltar-se” para falar melhor. E diz ter muito orgulho em ser portuguesa.

“Aos jovens digo-lhes que nunca descuidem as suas raízes. Eu danço folclore e gosto muito, este concurso vai deixar-me mais orgulhosa de ser portuguesa e fazer parte de Portugal no outro lado do mundo”, enfatizou.

De Portugal, gosta “de tudo”, em especial do ambiente europeu e das flores da Madeira. Na Venezuela, é diferente – “é mais festa” – e diz mesmo que seria bom juntar o melhor de cada um dos dois países.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos