24.9 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

A menina de 12 anos que faz discursos sobre a crise

Clique para ampliar O vídeo de uma jovem de 12 anos a criticar os bancos privados do Canadá está a dar a volta ao mundo. Viktoria Grant compareceu numa conferência onde, durante cerca de seis minutos, lançou críticas e argumentos contra o papel dos bancos da crise financeira canadiana.

«Já alguma vez pensaram porque é que os banqueiros dos bancos privados estão a enriquecer, e nós a ficar mais pobres?», é apenas uma das muitas questões com as quais a jovem de 12 anos, natural de Ontario, começa por lançar o seu discurso.

Um dúzia de anos bastaram para Victoria discursar a sua análise à crise financeira canadiana, focando-se no papel dos bancos privados.

Decorado ou não, o discurso pauta-se pela crítica aos bancos privados e uma chuva de argumentos contra um sistema que resumiu num propósito: o de «roubar os canadianos».

Em suma, e como resumiu a revista Forbes, as palavras de Victoria Grant centram-se na explicação do papel que os bancos privados têm na crise canadiana. «Estão a roubar o povo canadiano, portanto, a sua liberdade, e têm que ser parados», defendeu, chegando mesmo a dizer que «criam dinheiro falso a partir do ar».

O discurso surgiu no final de Abril, inserido numa conferência organizada pelo Public Banking Institute, um think-tank norte-americano destinado à discussão do papel dos bancos públicos, logo, um banco gerido pelo estado.

Por várias vezes, a jovem refere no seu discurso o Banco Nacional do Canadá, chegando mesmo a citar Gerald McGeer, um antigo presidente da câmara de Vancouver e senador do país do século passado, como «uma das figuras mais importantes» para a sua criação.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos